domingo, 29 de julho de 2012

Top 15*2 Melhores músicas ocidentais!


(Fui na loja do mestre J, e pedi pra ele falar)

Yo!

Como vocês bem se lembram, na semana passada eu e o P fizemos um top conjunto em que selecionamos nossas musicas orientais favoritas.

Pois bem, devido ao enorme número de pedidos para fazermos mais um (meu papagaio Aristides) decidimos:

"Que tal se a gente fizesse com uma cabra? Da na mesma!"

Não. . . . isso foi quando estávamos buscando uma maneira de perder a virgindade. . . . . .

Decidimos o seguinte:
VAMOS FAZER UM TOP DE MÚSICAS OCIDENTAIS!!

Sim, mesmo sabendo que esse blog é um blog Otaku (nós criamos, é óbvio que lembramos disso) decidimos falar sobre as músicas ocidentais de qualquer forma.
Isso porquê não podíamos deixar passar a oportunidade de um post como esse (a falta de idéias é aterradora!).

E também a música é uma linguagem mundial. Até jupterianos entendem a nossa música.
De fato existe um monumento em forma de maconha dedicado ao Jimi Hendrix em Júpiter, conhecido como "Canabis do Tripé"

E agora com as palavras o médium leproso: P!

(P, o soberano do Universo)

Sim, nós estamos fazendo um 2 in a Row com outro post em conjunto dos Super Saiyajins da Benga Alada! CHUPA! E se você vai reclamar por ser um top ocidental que não tem porra nenhuma a ver com animes e mangás isso é problema seu! Tá bom... Desculpa... A gente faz outra coisa... NÃO!

NINGUÉM MANDA EM MIM!

-P! Vai levar o lixo pra fora agora!
-NÃO!
-AGORA! SE NÃO NADA DE PC!
-Tá bom mãe...

Voltei

Bem... Onde parei? Ah sim! Nós vamos fazer um post de músicas como o J. disse, um post que é a essência da música, algo que transmite ondas sonoras de amor, paz e caos talvez por todos os lados, ondas essas que se propagam enquanto ainda haja oxigênio ou pudim.

Eu acho que devemos respeitar, respeito é a palavra. Respeito, respeito, respeito, respeito. Boa palavra.

Acho que deveríamos ir logo para o Top:

Número 15 do P.
Ramble Tamble - Creedence Clearwater Revival


TAM TAM! TANANANAM TANAM TANTAM!
TAM TAM! TANANANAM TANAM TANTAM! 

Começamos animados com Ramble Tamble, do CCR (Creedence Clearwater Revival, um nome muito grande para uma banda). Essa música é do quinto álbum de estúdio, Cosmo Factory que também possui as ótimas e conhecidas (não por todos, mas pelos fãs ou simpatizantes da banda), Who'll Stop the Rain, Up Around the Bend, Traveling Band e I Heard It Through the Grapevine.

Provavelmente vocês não conhecem nem mesmo o que é CCR e acham que é algum tipo de produto para pele novo que foi lançado pela Jequiti, nesse momento o Silvio está pensando: "Bem bolado, bem bolado"

Mas agora você vai conhecer! Ou não, porque não mando em você... Mas espero que sua mãe mande você ouvir seu mal criado! O que que eu estou falando??

Enfim, essa é uma música bem divertida de ouvir e dançar pra lembrar os velhos tempos, onde sua coluna ainda não era torta como um anzol e você não tremia feito eu num dia frio sentado no ponto de ônibus a noite com roupas de verão.

Ramble Tamble
 

Número 15 do J
Wish You Were Here - Pink Floyd




Já começando quente meu Top!

Eu acredito que todo ser humano do universo (eu tenho fé que humanos alienígenas existam) que não conheça Pink Floyd merece uma dolorosa morte envolvendo um russo bêbado e um taco coberto de farpas.

Isso porquê estamos falando de uma das melhores bandas de todos os tempos. Não só uma referência na música, mas uma das bandas mais bem sucedidas da história.

E provavelmente a melhor música deles seja essa maravilha.
Wish You Were Here.

Eu simplesmente adoro essa música. Ela me da uma sensação de paz tão grande que só pode ser comparada com olhar para uma parede azul pintada com Suvinil.

Sério, essa música é uma das músicas mais belas e calmas da história. Qualé galera, estamos falando de Wish You Were Here.
Não há apresentações aqui, é simplesmente uma das melhores músicas de todos os tempos.

Aquele som no violão é simplesmente fantástico. Eu não consigo pensar em uma música mais perfeita para representar o Pink Floyd aqui no meu Top.

Wish You Were Here é calma, incrivelmente melódia, sem falar que é uma das mais belas músicas de todos os tempos.
Sem discussões aqui. 15º lugar!

Wish You Were Here

Número 14 do P.
Frankenstein - Edgar Winter Group


Como o Edgar Winter é lindo, eu estou embasbacado, esses cabelos brancos, essa cara de moça... Conheço pessoas que tentariam chegar na segunda base com ele... Uh...

Mas eu quero falar é de Frankenstein, não o monstro, mas a música que parece o monstro! Eu conheci essa dádiva dos monstros no Guitar Hero I (o melhor de todos) e desde então é uma das músicas que eu mais gosto. Ela é toda instrumental e tem um teclado muito foda mesmo!

Tem vários instrumentos que eu particularmente não consigo dizer com certeza se é uma guitarra ou um banjo jupteriano de 32 cordas. Tem umas trombetinhas e instrumentos de sopro que não sei se são trompetes, trombetas ou línguas de sogra do nordeste com tom médio e tom agudo de distorção nasal ampliada... Mas eu sei que tem um dos melhores solos de "alguma coisa" da história! Eu gosto de mais! No Guitar Hero, você toca esse solo como se fosse uma guitarra, mas o Guitar Hero não é uma coisa muito confiável já que é uma obra feita por Satã para aprisionar nossas mentes.

É difícil achar uma música instrumental que te prende e te deixa doidão, mas essa faz isso com facilidade! Não falta nada. Talvez um clipe com umas dançarinas bem bonitas e formosas com pouca roupa e pintadas de verde, mas isso não vem ao caso, já que estamos analisando a música e não o clipe, que não sei nem se existe, mas se fossemos olhar pelo clipe, só existiria um primeiro colocado e mais nada, claro que falo de Guardians of Asgaard - Amon Amarth (kkkk)

Eu não quero nem saber, Frankenstein em Décimo Quarto!

Frankenstein

Número 14 do J
Love Reign o'er Me - The Who




Aaaaaa. . . . . The Who. . . . . uma das minhas bandas ocidentais favoritas.

Eu não tenho palavras para descrever o The Who.
Provavelmente uma das bandas mais importantes da história do Rock. Formada em 1964, é uma das raízes do Rock junto com os Beatles.
E uma das melhores bandas da história.

Entendam, é bem difícil escolher a melhor música do The Who. E apesar do The Who ser uma das bandas mas sensacionais da história do Rock, não tem aquela música que é A MELHOR. Aquela música que indiscutivelmente é a melhor da banda e que fica marcada como um hino do conjunto.

Mas para mim nunca ouve dúvida.
A primeira e melhor música que eu ja ouvi do Who é essa que aqui jaz.

Love Reign o'er Me é uma das músicas mais épicas que ja ouvi.
Na primeira vez que ouvi, me causou um choque tão grande que mudei meu nome para Barba Nula, coloquei uma placa na porta do meu quarto escrito "Waterworld" e passei 6 meses pensando que era um pirata fantasma estuprador de cadáveres.

De fato, até hoje não consegui remover minha luneta de plástico da bacia de um cadáver putrefato, carinhosamente apelidado de "David Brasil"

Enfim, o maior motivo da epicidade dessa música é seu vocal.

MEU DEUS!
Que vocal é esse?!

Deve ser a melhor performance vocálica da história da música. Eu nunca vi nada parecido. É simplesmente fora de série.
Minha mente explodiu quando ouvi essa música pela primeira vez. Até hoje ela me da um impacto forte na barriga
. . . . . . . . . . . . . .

Claro que pode ser os rins falhando graças ao excesso de cola de sapateiro, mas isso não vem ao caso.

O que importa é que Love Reign o'er me é uma das melhores músicas que ja ouvi na vida. É simplesmente espetacular. 14ª posição.

Love Reign o'er Me

Número 13 do P.
Hurricane - Bob Dylan

[Esse não é o Bob Dylan apesar da semelhança]

Uma história verídica que é contada em forma de música e que foi composta e interpretada por Bob Dylan? MEU DEUS! PAREM AS MÁQUINAS! Sim! Essa é uma música tão incrível que seus filhos vão nascer cantando-a! HAHA

P. usa Hurricane Curse!

Se bem que ia ser foda ter um filho e quando ele nascesse saísse de "lá" cantando: "Pistol shots ring out in the ballroom night, enter Patty Valentine from the upper hall"

NUUUUU! Eu chorava e venerava uma criança com menos de 5 minutos de vida!

Mas enfim, a música conta história de um lutador de Boxe chamado Rubin "Hurricane" Carter. Sim o apelido do cara era FURACÃO! Não sei como nem com quem ele conseguiu esse apelido e prefiro continuar sem saber, mas a história, história é a seguinte:

Houveram assassinatos em New Jersey em um bar que estava sendo roubado, Rubin não tinha nada a ver com a parada e foi preso só por que era negro. Bob Dylan compôs a música em homenagem ao Hurricane que foi solto depois de ficar anos na prisão. Ao longo da música, são ditas coisas sobre o acontecimento, outros personagens envolvidos. O som folk do Bob Esponja Dylan que é comum em todas as músicas dele também é bem marcante!

Haha! Te dei spoilers da música, HAHA

Hurricane poderia ter sido o campião mundial com "i" se não tivesse sido preso, assim o Rocky nunca teria conseguido -q

Haha! Mais spoilers, HAHA

É isso!

Hurricane

Número 13 do J
Free Bird - Lynyrd Skynyrd




Eu confesso que fico um pouco envergonhado com essa.

Eu admito. Nunca tinha ouvido falar de Lynyrd Skynyrd até escutar sua música mais famosa. Coisa que geralmente me faz perder a cabeça, xingar todos de fan-boys e promover chacinas pelo parque perto de casa.

E o pior, eu conheci Free Bird JOGANDO GUITAR HERO!!

Podem me pregar no semáforo!

Mas mesmo tendo essa passado vergonhoso e doloroso, eu fico extremamente feliz de ter conhecido Free Bird. Isso porquê é uma das melhores músicas de todos os tempos.
E provavelmente a música mais pedida da história dos shows.

Acontece que Free Bird é um clássico do Rock. Ela possui tudo o que uma boa música de Rock tem. Partes calmas e melódicas, letra incrível, música extremamente bem feita além de ter partes agitadas e particularmente um dos melhores solos de guitarra da história.

Essa música é simplesmente espetacular, e foi uma das primeiras músicas de rock que escutei na vida. Sem falar que foi uma das responsáveis por me fazer a pessoa que sou hoje.

Sim, porquê se não tivesse apanhado gosto por rock, hoje estaria lambendo minhas noites em bailes funk clandestinos onde rola extrema orgia e transmissão de todas as DST's que existem no mundo.

Que por sinal eu possuo de qualquer forma.
Mesmo sendo virgem.
Sim, eu sou um fenômeno inexplicável.

Mas o que interessa é que Free Bird é sem sombra de dúvida uma das melhores músicas ocidentais que conheço.
Impossível deixa-la de fora desse top. 13º lugar pra ela!

Free Bird

Número 12 do P.
You and I (Acoustic Version) - Scorpions


Que capa é essa? KSKOPSPOSKPSOKOPSKSPOKPSKPSOK Kami-sama! KSOPKSPOK
Eu ia colocar a capa do Acoustica, mas eu TIVE que colocar essa, EU TIVE!

Mas não é sobre isso que quero falar, é sobre a beleza contida nesses cinco minutos e pouco de música. O amor que essa música passa é tão grande que meu coração palpita e eu me arrepio, uma vez eu li um comentário sobre essa música que dizia: *Tosse pré discurso* "A mulher que inspirou a criação dessa música, deve ser a mais feliz do mundo"

Bem, eu discordo já que não fui eu que compus a música, mas tenho que dizer que qualquer mulher que recebe uma música de amor, seja lá qual for a música, deveria se sentir muito feliz, porque compor não é fácil, muito menos expressar os sentimentos em versos. Ainda mais quando esse versos não parecem fazer sentido aos ouvidos de quem você quer que faça. Mas... DO QUE EU ESTOU FALANDO?

You and I é uma história de amor, dá tudo certo, não tem nada de errado, só amor entre dois seres apaixonados. Sem sofrimento e sem dor, só amor (essa não foi uma rima proposital -sim, foi)

É minha música favorita do Scorpions, mais do que Still Loving You, que parece ser a música que eu escuto para morrer. Mas isso não importa também, os sentimentos do P. não importam, tá... Eu paro com isso...

Essa não é a única música de amor da banda, na verdade, eles têm muitas músicas de amor ótimas, incluindo Under the Same Sun (que é lindíssima também, mas já envolve sofrimento), Send me an Angel (que é belíssima também), STILL LOVING YOU Ç.Ç (que é muito sofrimento)

Enfim... AGORA EU PARO!

A voz do Klaus me faz querer suicidar por não ser digno de ouvi-la, junto com as vozes de Freddie Mercury e Robert Plant (e do J. é claro)

You and I

Número 12 do J
Hotel California - The Eagles



Talvez uma das músicas mais famosas da história do rock.

Hotel California é bem de longe a melhor e mais famosa música do Eagles. Apesar da banda ter músicas fantásticas, Hotel California é sem sombra de dúvidas a que mais se destaca.

Mas não apenas como música da banda. Essa é uma das melhores músicas da história, e não há quem discorde disso.

Vamos ser sinceros. Eu aposto que qualquer ser que conheça essa música iria coloca-la num top 30. Eu aposto! Estamos falando de Hotel California meu povo, um símbolo do rock, uma das músicas mais magníficas da humanidade.

O Eagles deu uma caprichada brava pra compor essa belezura. Primeiro que ela tem um ritmo calmo e envolvente fora de série. Depois que ela tem uma letra surreal cantada por um vocal incrível. E por último. . . . .
O solo. . . . . . . .

MEU DEUS QUE SOLO É ESSE!?!?!?!?!?!

É sem discussão um dos melhores solos de guitarra da história da música. Particularmente, eu a colocaria em 7º ou 8º como melhor solo de guitarra da história, e nesse top seria o terceiro (atrás de Free Bird e meu 4º colocado).

E um solo simplesmente espetacular. Digno de uma música do calibre de Hotel California.
Provavelmente, uma das melhores composições ja vistas até hoje. Não há o que discutir, Hotel California deve entrar nesse top.
12º lugar pra ela.

Hotel California

Número 11 do P.
Breakfast in America - Supertramp


Take a look at my girlfriend
(I DON'T HAVE ONE Ç.Ç)
Not much of a girlfriend
(CAUSE I DON'T HAVE ONE! Ç.Ç)

Essa música também é muito animada e é minha favorita do Supertramp que conheço a não muito tempo, mas obrigado pai por dizer que era bom e eu usar meus dons de pirata como todos e baixar álbuns.

Na verdade, muita coisa que ouço é por influência do meu pai, Supertramp, Scorpions, Creedence Clearwater Revival, Dire Straits, um pouco de Bob Dylan, um pouco de Queen, um pouco de Pink Floyd e por ai vai... Valeu Paizão!

-Por que você não arranja logo um emprego? - Pai
-Mas pai... Eu nem tenho 18 ainda... - Eu
-Não tem 18 mas já é vagabundo! - Pai
-Okay... - Eu

Mas o que importa é que essa música é muito boa e viciante, já fiquei uma tarde tooooda ouvindo só ela e cantando junto, dizendo que eu tenho uma namorada, I LIED ALL THE TIME. Mas eu não estou nem ai, tô nem ai, não falar dos seus problemas que eu não vou ouvir, tô nem ai, tô nem ai.

Breakfast in America

Número 11 do J
One - Metallica




Somente de duas coisas nesse mundo tenho certeza:

-Morrerei de overdose sozinho e encharcado em algum amanhã próximo.
-Metallica é uma das melhores bandas de todos os tempos.

Eu tenho muito que agradecer ao Metallica. Eles foram a banda que me levaram para o lado Metal da força. Foi graças a esses viciados malditos que hoje eu sou um dependente de músicas boas.

De fato, quando mais novo, minha banda favorita era o Metallica (posto que iria ser perdido pro X Japan e Black Sabbath).
Mas provavelmente a música mais marcantes deles seja essa.
One.

Ta certo que Master of Puppets trava uma briga boa com One no posto de música mais famosa. Mas a verdade é que as duas foram extremamente influentes em suas épocas e gêneros.

Master of Puppets foi uma referência no novo estilo Thrash Metal, enquanto One marcou a mudança do Rock dos anos 80 para a década de 90.

Mas em questão de favorita isso não tem discussão pra mim. One é uma das melhores músicas da história.

Ela tem uma intro espetacular. Depois vem o ritmo calmo e sombrio que junto com a letra cria uma atmosfera de tristeza e loucura. Mas tudo isso é apenas uma introdução para o que iria vir depois.

Sim porquê após a parte calma da música vem uma pate agitada tão épica, que fez Hitler morder e engolir a própria língua.

Por isso ele falava só "NAIN! HEIRN! GRAHRN!"

E depois vem o solo.
PQP! Provavelmente um dos melhores solos de Metal de todos os tempos. É incrivelmente rápido, tem uma velocidade e poder assustadores. É simplesmente incrível.

Sem palavras para One, uma das melhores que ja ouvi sem dúvida. Por isso 11º lugar pra ela.

One

Número 10 do P.
Romeo and Juliet - Dire Straits


Uma versão um pouco diferente de Romeu e Julieta, talvez melhor que Romeu e Julieta, essa música é uma das músicas mais lindas e mais tristes que já ouvi em minha vida, escutando normalmente não se percebe o teor de melancolia e sofrimento, mas quando você para e escuta prestando atenção na letra e tudo mais, a vontade que se tem é de chorar.

Porque P-Zero-sama?

Simples, contarei a história da música desde o início.

Um "Romeu" apaixonado, canta uma serenata pela rua, era uma música que ele havia feito. Ele a fez para "Julieta" que está em seu quarto assustada com a aparição do seu namorado na calada da noite.
Ele a ama, ele a ama muito mesmo e aparentemente ela também o ama, foi como uma aposta no amor, mas parece que algo está errado...

Eles tinham os mesmo sonhos, mas andavam em "ruas" diferentes, mas ambas as ruas não eram boas, tudo que Romeu sonhou foi pela Julieta e eles se tornaram realidade, mas agora, ela o trata apenas como mais um de seus "amores". Julieta é bastante interesseira, adora ouro e prata e "se vende" por joias, mas ela prometeu tudo para Romeu, prometeu seu amor, nos bons tempos e nos maus tempos, agora? Agora ele é só mais um...

Quando eles tinham seus momentos íntimos de amor, Julieta chorava, dizia que o amava como as estrelas do céu, o amava até sua morte, será que existia um lugar pra eles, como uma música de um filme de amor? Ou realmente tem algo de errado e só Romeu não vê?

Ele não consegue ser perfeito, e não consegue fazer uma música de amor que realmente abale Julieta, para que ela seja só dele, mas não por ser possessivo, mas porque ele a ama, ama tanto que não consegue ver, está cego. Não consegue fazer tudo, mas seria capaz de fazer qualquer coisa pela Julieta, não consegue fazer nada além de amá-la.

Romeo se separa dela, sente saudades, não consegue viver sem ela, tem andado em maus bocados, sentindo a falta junto de seus versos mal feitos, ele a amava e ela não, era só um sentimento passageiro que acabou com o pobre coitado, e mesmo assim, ele insiste, "You and me babe, how about it?" - Você e eu querida, o que acha?

Poxaaa..... Ç.Ç

Sinceramente, essa música é uma das músicas de amor mais tristes que já ouvi, supera Still Loving You, supera qualquer outra que me venha na cabeça, até mesmo You Take My Breath Away do Queen que é belíssima e tristíssima não chega perto dessa, nem mesmo Just Like a Woman do Bob Dylan consegue... Claro que existem aqueles que sempre veem o lado bom da música, mas... Eu não me importo, isso é o que eu penso. Acho até que vou me matar agora.

Romeo and Juliet

Número 10 do J
Child in Time - Deep Purple




Senhoras e senhores, com vocês um dos pais do Heavy Metal:
DEEP PURPLE!

Quando eu digo pais do Heavy Metal estou falando sério. Deep Purple começou esse gênero que hoje causa felicidade, diversão e estupros pelo mundo todo.

Juntamente com Led Zeppelin e Black Sabbath, Deep Purple foram os pioneiros do Metal. Por isso se hoje você é um metaleiro maluco que usa alargadores maiores que o ralo daqui de casa, agradeça ao Deep Purple.

Agora, para aqueles que ja conhecem a banda eu so preciso falar o nome e estes entenderão.

Provavelmente a música mais famosa do Fundão Roxo é Smoke on the Water. Qualé, todos conhecem essa né?
"Smoooooooooooookkke, on the waaaaaaaaater"
Um clássico do rock


Mas minha música favorita deles não é essa. Mas sim Child in Time.
Vamos expor em palavras.
Uma das músicas mais épicas da história.


Se trata de uma composição de mais de 10 minutos de duração. Tem uma intro de teclado absurdamente incrível e uma das melhores performances vocálicas da história da música.
Sem falar do solo de guitarra que, aparentemente, Ritchie Blackmore fez enquanto participava de uma orgia por videoconferência dedicada a Azazel.


E quando eu digo épica, quero dizer épica mesmo. Uma música de 10 minutos de duração que possui solo, melodia, intro e vocais sobrehumanos não pode ser chamada de outra coisa.
Épica.


Child in Time permanece até hoje como uma das minhas música favoritas, e não ha dúvidas quanto a isso. 10º lugar pro Fundão Roxo!

Child in Time

Número 9 do P.
Bohemian Rhapsody - Queen


Me matei e voltei como P-Zombie

Ah! Do meu álbum favorito da banda favorita da Rainha, Bohemian Rhapsody, a música que trata de epicidade como se fosse brincadeira de criança. Isso é a vida real? Ou isso é apenas fantasia? Nem uma das duas, é EPICIDADE, o nível criado para determinar o quão épica é uma música ou qualquer coisa. O "Nível Art of Life" de qualidade.

Essa música PARA MIM fala de um doido, um cara que matou o próprio amor e agora se condena por isso, que não consegue mais ver a realidade que possuía ao lado de sua pessoa amada, realidade essa que era quase fantasia. Nada mais importa, nada mais importa, ele já tem até o lugarzinho separado no Inferno. Mas no fim, tudo não passa de uma rapsódia sem sentido que mescla a loucura da mente humana com o sentimento, o medo, a dor, o desprezo, ou seja, o ser humano em si.

Eu não tenho basicamente nada para falar sobre ela, porque não é algo para se comentar e sim ouvir e descobrir, tirar suas próprias conclusões. Se alguém (ninguém vai) quiser deixar sua opinião sobre a música ficarei grato e bastante feliz por terem perdido tempo ouvindo algo que eu postei de coração

Bohemian Rhapsody

Número 9 do J
Snow ((Hey Oh)) - Red Hot Chili Peppers




Talvez uma das melhores bandas da nova era, o Red Hot Chili Peppers é uma das únicas bandas da atualidade que eu gosto e escuto.

Eu sei que é um pouco de prepotência e intolerância falar que as músicas de hoje são um lixo e que as de antigamente que são boas.
Na verdade eu odeio isso e acho uma ignorância sem tamanho.

Deixe-me explicar.
Eu sou uma pessoa extremamente tolerante. Eu prego o respeito e a tolerância com todos a qualquer tipo de gosto. Repudio totalmente a generalização e a falta de respeito com a opinião dos outros.
Por isso quando eu ouço alguém falar que Restart, Justin Bieber, Rebecca Black entre outros, são os melhores artistas de todos os tempos, eu respeito.

Sério, eu respeito. Apesar de não concordar, eles estão apenas dizendo suas opiniões sem ferir ou ofender ninguém. Por isso eu respeito a opinião deles, e acima de tudo, respeito o ser humano que são.

Particularmente eu acho que o rapaz Justin Bieber é um guerreiro por suportar tanto preconceito e intolerância com sua música. E apesar de não gostar da música dele, tem gente que gosta e eu respeito isso.

Mas eu tenho que admitir, não suporto a música de hoje em dia.

As músicas das décadas de 60 até de 90 são muito melhores ao meu ver. Eu adoro rock, e as músicas dessa época é o que chamamos de Rock. Hoje em dia não tem mais músicas daquele jeito. . . . .
. . . . . . . . . . . . .
Com algumas exceções
E Red Hot é uma dessas exceções.

Eu sempre adorei o Red Hot. Desde Californication, essa banda ficou gravada a fogo na minha mente. A partir de la, acompanhei o Red Hot escutando todas as músicas deles.

Mas a minha favorita é Snow ((Hey Oh)).

Essa música é fantástica.
Ela tem tudo o que uma boa música precisa, intro boa, riff bom, refrão bom, solo bom, ritmo bom, enfim tudo nessa música é bom.

Então simplesmente não dá pra ignorar. Snow é uma das minhas músicas favoritas de todos os tempos e é por isso que aparece na 9ª colocação!

ESPERE!
Percebi uma coisa. . . . . . .

Minha 9ª colocada no top oriental foi Snow Flake (Kioku no Koshitsu)
A minha 9ª colocada aqui é Snow ((Hey Oh)).

Reparem a semelhança. . . . . . . . .
Sabe o que isso significa. . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


ABSOLUTAMENTE NADA!!!

Snow ((Hey Oh))

Número 8 do P.
All Along the Watchtower - The Jimi Hendrix Experience


There must be some kind way out of here

Esse é o melhor cover da história da música na minha humilde opinião de pedreiro de ilusões. Sensacional, tem um dos melhores arranjos, bateria e solo que já ouvi. Sensacional, o Bob Dylan deve ter chorado quando ouviu esse cover (e chorado com Knockin' on Heaven's Door do Guns e BATE BATE BATE NA PORTA DO CÉU do Zé Ramalho).

Mas vamos e convenhamos né, o melhor guitarrista de todos os tempos é o Jimi Hendrix, então não esperava nada menos do que esse cover incrível. Todo mundo prefere essa versão do que a original, MAS EU NÃO! EU MANTENHO FIRME E FORTE DIZENDO QUE:

Eu gosto de My Little Poney! Digo, All Along the Watchtower do Bob Dylan, compositor original da canção é melhor do que o brilhante cover feito pelo mestre da guitarra Chimbinha, digo, Homem Aranha! Digo... Jimi Hendrix!!

Os riffs são muito característicos, com 5 segundos de música você para e fala: "Homem Aranha", digo, "Jimi Hendrix". É a minha favorita dele e foi eleita por alguns sites e revistas um dos cinco melhores covers de todos os tempos, eu acho o melhor cover. Mas se bem que temos American Pie - Madonna, que fez com que o J. furasse o próprio ouvido numa tentativa desesperada de não ouvir aquela atrocidade, hoje ele é surdo do lado esquerdo e não consegue escutar músicas stereo.

Enfim

A oitava posição traz Homem Aranha, JÁ CHEGA! JIMI E SUA GUITARRA FODA NESSE COVER FODA!

All Along the Watchtower

Número 8 do J
Hallowed Be Thy Name - Iron Maiden




UP THE IRONS!!!!!

É IRON MAIDEN MANOLO!!

Sim, todos conhecem essa banda! Pelo amor de Deus, pelo menos uma vez na vida todo ser humano deve ter ouvido falar do Iron Maiden. É simplesmente uma das bandas mais famosas de todos os tempos!

É graças ao Iron, ao AC/DC e ao Judas Priest que esse tipo de Metal pesado foi difundido para o mundo.
Sim porquê o Metal mais antigo era mais "calmo" do que o metal desses caras aí.

Mas tudo que eu falar é poco pro Iron. É ouvir e admirar. Não existe uma música sequer desse povo satanista que não seja boa. Todas as músicas deles segue o padrão de ter riffs incríveis, solos absurdamente difíceis e vocais bem ao estilo Heavy Metal.

Talvez o único defeito da banda seja esse. Acaba que as músicas ficam parecidas, e seguem um roteiro que carinhosamente chamo de "mapa pra puta que pariu".
Mas nada que tire o brilho do Iron Maiden.

E minha música favorita deles é Hallowed Be Thy Name. (prunucia-se: Ré-loud bi dai neimi)

Eu não acredito que nenhuma outra música do Iron seja tão boa, e reúna tantos elementos igual essa música. Nem mesmo The Trooper ou Dance of Death conseguem criar uma atmosfera tão aterrorizante e poderosa como Hallowed Be Thy Name.

Tem uma intro fantástica, um vocal absurdo (como qualquer outro do Iron), um solo desgraçado de difícil e o ritmo de sempre que tanto gostamos.

Hallowed Be Thy Name é, na minha opinião, a obra prima do Iron. Ela reúne tudo o que uma música de Metal deve ter.
De fato ela é a música de Metal (METAL MESMO) mais bem colocada no meu top.
Com exceção do primeiro lugar.

Mas o fato é que essa música é simplesmente magnífica. Portanto 8º lugar pra ela.

Hallowed Be Thy Name

Número 7 do P.
All Along the Watchtower - Bob Dylan


There must be some way out of here! Não, não tem.
Bob Dylan inicialmente tenta sair da Friendzone nessa música, mas não consegue, só que não

Mas amigos e amigas, companheiros e companheiras, seringueiros e seringueiras, eu P-Zombie-Zero-Hipster, PREFIRO ESSA VERSÃO, A ORIGINAL! Matem-me se quiser, mas eu conheço outra pessoa que prefere a original e terão que nos matar juntos.

A versão do Homem Aranha (DESISTO) é muito boa, tem um dos melhores solos que já ouvi, MAS! Não tem a gaita dessa música que é minha favorita de todos os tempos, TANANANANANAAAAAAAAN NAN TANANAN NAN, sentiu? Arrepiou? Eu arrepiei com esse "TAN's" que mostram perfeitamente o ritmo a paixão e tudo mais da música.

Só tem um porém, não importa quantos anos se passem, acho que nunca vou saber interpretar essa música de forma correta, é incrível, não sei se estão fugindo de um castelo numa tentativa de roubo, ou de um banco, ou da casa da vó Anita... Muitos dizem que é um protesto contra algo, em alguns momentos realmente parece ser, mas depois:

"Outside in the distance
A wild cat did growl
Two riders were approaching
The wind began to rowl"
"Lá fora na distância
Um gato selvagem grunhiu
Dois cavaleiros se aproximavam
O vento começou a uivar"

...

Essa parte eu realmente não consigo digerir e dizer alguma coisa construtiva, mas isso não importa, a música é incrível, tem minha "Flauta do Bob Dylan" (gaita -q) favorita do mundo todo e ficou com o sétimo lugar na frente do cover feito pelo... Pelo... Jimi Aranha!

All Along the Watchtower

Número 7 do J
Lateralus - Tool




Aaaaaaa. . . . . . . . .
E finalmente o meu gosto maldito me levou ao linchamento . . . . . . .

Vocês devem estar pensando:
"VOCE COLOCA ESSA PORRA DE MÚSICA NA FRENTE DE HOTEL CALIFORNIA E DO IRON MAIDEN! SEU FILHO DA PUTA! EU QUERO QUE VOCÊ SE FODA!! QUE UMA CARRETA DERRAPE NA CABEÇA DA SUA FAMÍLIA!"

Mas calmem meus amigos. . . . .

Acontece que eu simplesmente adoro essa banda. Tool é minha banda ocidental favorita (Não conte Black Sabbath, eles usam Game Shark)
Eu adoro esse estilo sombrio-esquizofrênico-sem gênero do Tool. Eles são uma banda única, um estilo único que nunca vi igual.

Portanto podem me considerar um fan-boy de Tool.

Mas a questão é que Lateralus não é apenas uma excelente música.
É a música mais perfeita do mundo.

Entendam meus amigos, essa música é a música perfeita. Ela é feita sob a proporção áurea. Ou seja, toda a composição é baseada na proporção divina que qualquer coisa na natureza segue.

Deixe-me explicar.
Eu não sei se vocês sabem, mas existe um número conhecido como Número de Ouro (número PHP, número áureo, etc.) Esse número é aproximadamente 1,618, e é representado pela letra grega phi.

Acontece que tudo na natureza é feito nessa proporção. TUDO!
A razão entre sua altura e a distância da cabeça ao umbigo, a razão da distância dos dedos, a espiral de uma concha, enfim, tudo é feito sob essa razão.

E a música Lateralus e totalmente feita sob essa razão.
Desde o começo dos vocais (a 1:38 minutos, que é aproximadamente 1,618 minutos), as notas tocadas, e mais notável, o número de sílabas nas frases.

O número se sílabas segue a sequencia Fibonacci (pesquisem e vejam que genial!!) que é uma forma da proporção áurea.
A sequencia é:
1 1 2 3 5 8 13. . . . .

E o número de sílabas de cada verso é exatamente esse!
INCRÍVEL!

Quando entendi isso pela primeira vez eu fiquei pasmo! Imediatamente venerei o Tool numa fogueira feito dentro de casa invocando Exu.
Depois que os bombeiros chegaram resolvi escutar todas as músicas desse povo maluco, e meu Deus!
Tool é simplesmente fantástico.

Mas a questão é Lateralus.
Mesmo sendo a música mais perfeita da história, ela ainda tem fogo pra ser uma das melhores músicas que ja ouvi.

Não espero que todos gostem de Tool, é um estilo bem alternativo (System of a Down também é, porém diferente de Tool) Mas eu simplesmente babo pela música desses caras.

E Lateralus é uma das melhores que ja ouvi, portanto é 7º lugar!

Lateralus

Número 6 do P.
Comfortably Numb - Pink Floyd


...

O que falar da melhor música do álbum The Wall, o segundo melhor álbum do Pink Floyd? (O primeiro é sem discussões Dark Side of the Moon, nisso sou chato, diga o que for, mas é o melhor álbum de todos os tempos, não tente argumentar ou discutir comigo, não adianta falar o quão Sgt. Peppers é sensacional e marcante e importante, Dark Side é DARK SIDE! E MORRE! Eu não sei descrever isso sem ser da seguinte forma: Perfeição, mas de volta ao sexto lugar)

Comfortably Numb, ah! Um dos melhores solos da história, se não o melhor, eu realmente fico em dúvida, mas de longe é o melhor do Pink Floyd, David Gilmour, eu te amo!
Muita gente não gosta de Pink Floyd devido ao grande nível de depressão das canções compostas por Sir Roger Waters. Sim o sobrenome dele é Waters. Ele recentemente fez uns shows no Brasil, um show solo, já que o Pink Floyd não é mais uma banda unida =/
Minha banda favorita não é mais a mesma de antes... Fico triste, queria ver os velhos tempos de Dark Side, mas já que brigas acontecem... Tenho que seguir em frente... Poxa...

Nesses shows que ele fez, aqui pelo menos, infelizmente não tinha o Gilmour solando em Comfortably Numb, eu realmente queria ter ido no show, seria um sonho realizado, ai teria menos sonhos para realizar, mas agora ficou tão difícil... Poxa...

Enfim

Eu fico triste de ter de colocar em sexto lugar, porque eu na verdade a partir do décimo quinto deveria ter só primeiros lugares... Poxa... Mas a vida é injusta, até mesmo com as músicas, um dia talvez numa atualização desse post, eu suba Comfortably Numb, ou dependendo das circunstâncias desso, mesmo assim, apesar das dúvidas, é um merecido sexto lugar, desculpem-me algumas pessoas que podem ficar chateadas com isso.

Ainda não consigo falar mais do solo dessa música... MEU DEUS! Vou tentar:

Em resumo, é uma sensação de êxtase onde eu me sinto livre e viajando entre dimensões sem rum rumo certo, é uma explosão na minha mente que me deixa mudo, cego, surdo. Eu fico sem ar, fico sem vontade de falar com medo de engasgar e minhas pernas começam a dançar, livre, livre para voar.

Foi a melhor maneira que achei para explicar. Mas não vou explicar como me sinto ouvindo Dark Side of the Moon, porque não é sobre isso que estamos falando e não quero gastar mais páginas de texto com isso.

Pink Floyd s2

Comfortably Numb

Número 6 do J
Losing My Religion - R.E.M.




Incrível.
Só isso. Incrível.

Essa provavelmente é uma das músicas mais incríveis que ja escutei. Toda vez que coloco o fone de ouvido, e boto essa música pra tocar eu fico sem palavras.
É simplesmente uma das músicas mais fantásticas que ja ouvi.

R.E.M. é uma banda muito famosa formada em 1980. Eu não acredito que muita gente aqui vai conhece-los, mas acreditem é uma banda muito boa. Várias músicas deles são ótimas.

Mas Losing My Religion?
Meu Deus. . . . .
Sem palavras.

É uma das composições mais bonitas que ja tive o prazer de ouvir. E mesmo sendo linda não deixa de ter um ar de desespero e tristeza. Ela cria uma atmosfera extremamente quieta, apesar de ser uma música onde as notas simplesmente não param.

Mas toda vez que eu escuto essa música me da uma noção de estática muito grande. Como se tudo tivesse parado, o tempo tivesse parado e eu estivesse num quarto deserto sozinho.
É simplesmente incrível.

Sem falar que a letra surreal é uma das coisas mais impressionantes que ja vi. E vamos admitir que uma música que fala de religião em 1991 é mais polêmica que um programa infantil com sexo gay!

Isso mesmo! Eu acho uma besteira a gente censurar sexo e condição sexual! Eu sou a favor que todas as crianças tenham todo tipo de educação desde que nascerem!

Mas enfim, Losing My Religion é uma das melhores músicas que ja ouvi na vida. Desde o antes de começar o Top eu ja sabia que ela iria entrar. E aqui está, 6º lugar!

Losing My Religion

Número 5 do P.
Telegraph Road - Dire Straits


Bem, não sei por onde começar. Mas vamos do começo.

Há uns dois anos, meu pai ganhou um CD de um amigo dele que tinha músicas do Dire Straits, era um dos CDs favoritos dele, tinha Sultans of Swing, Money For Nothing, Lady Writer, Brothers in Arms, So Far Away, e... E... ......... E tinha uma música que ele sempre gostou mas não sabia o nome. Eu então coitado, mal conhecia Dire Straits. Porém resolvi procurar o nome dessa música, já que o CD do meu pai era um CD ao vivo e que curiosamente não tinha nomeação nas músicas quando eu coloquei no computador... Eu procurei tanto o nome dessa música, eu ansiava pelo nome dela, e tem mais, eu não entendia direito o que o maldito do Mark cantava, ele está velho nesse show e canta como um cão no fim de sua vida... Au Au Road... Era difícil

MAS! Um belo dia, procurando por músicas deles eu vi uma de 15 minutos, a maior que já tinha visto deles, e lembrei que a música do show tinha mais ou menos esse tempo de música. Pensei comigo que não podia ser coincidência e não era. Eu encontrei a danada: Telegraph Road.

Eu gosto tanto da parte instrumental dessa música que me dá arrepios, e também amo o vocal de cão de 15 anos do Mark, o homem que toca guitarra sem palheta como se fosse uma coisa fácil, além de tocar incrivelmente bem, é um dos meus guitarristas favoritos.

E o piano dessa música?

Piano.... P-p-p-piano... Quando eu arranjar uma namorada, sabe lá Deus quando, ela vai saber tocar piano, assim, é uma coisa meio boba, mas quero sentar com o violão ao lado dela e tocar músicas junto dela, ouvindo o som do piano se misturando com o som do violão e nossas vozes se debatendo e ecoando pela casa, os olhos fixos nos olhos, a sensação de alegria e prazer, o piano... O piano... É... Do que eu estou falando? É.... É........ Ahn.......

Telegraph Road!

Sim, é uma música fantástica e eu considero a melhor do Dire Straits pelo meu histórico com ela e pelo fato de ser incrível. Muitos descordam comigo, mas acontece, eu sou esquisito mesmo poxa.

Eu acho que merecia ficar ainda mais na frente mas não dá... Que maldição... Só de ouvir esses solos e tudo mais... Arrepios... E o piano... P-p-piano.... Ah.......

Telegraph Road

Número 5 do J
Blackbird - Alter Bridge




OBRA PRIMA!
ESSA MÚSICA É UMA OBRA PRIMA!

Sério cara, essa música é simplesmente perfeita! Ela é excelente em qualquer sentido que você quiser analisa-la! Eu nem sei o que falar aqui!

Lembram quando eu disse que são raras as músicas atuais que possuem aquele rock de antigamente?Aquelas músicas boas que fazem a gente orgulhoso de gostar de rock?

Pois bem, aqui está Blackbird. Provavelmente uma das melhores músicas do novo milênio, essa música é o mais próximo que consigo em "Música Épica" da nova era.

Músicas como Stairway to Heaven, Free Bird, Child in Time nunca mais apareceram desde que o ano 2000 passou a frequentar a folhinha daqui de casa.
Com exceção de Blackbird.

Essa música é o maior orgulho da década passada. Blackbird é simplesmente fantástica. Ela tem uma intro ESPETACULAR, um refrão fora de série, um dos vocais mais fodas de toda história da música sem falar no solo.

UM DOS MELHORES SOLOS DA EXISTÊNCIA DO PLANETA!

Aaaaa. . . . .
Eu fico tão feliz em fazer esse post ocidental. As bandas orientais não tem solos de guitarra tão bons assim (coisa que não tira o brilho de suas músicas).
E Blackbird é uma obra prima na questão de solo.

Aliás, é uma obra prima em qualquer requisito! Eu ja falei, tudo nessa música é perfeito. É uma das músicas mais sensacionais que ja ouvi na vida.
E como vocês estão vendo, é minha 5ª favorita!

Blackbird

Número 4 do P.
That's the Way - Led Zeppelin


Led Zeppelin III é o meu favorito do Led Zeppelin. Claro que todos são bons, mas esse reúne duas das minhas três músicas favoritas da banda e outras que eu amo, tipo Tangeriiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiine, Tangeriiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiine! Que eu inclusive aprendi a tocar e me sinto o máximo agora.

That's the Way: Farei uma breve interpretação do meu ponto de vista sobre a música.

Aparentemente é a conversa de um garoto e uma garota, mas acho que é mais algo relacionado a término. Sim, não são crianças, isso é apenas uma inserção de uma situação de uma forma mais frágil. "That's the way it oughta be", "Esse é o jeito deveria ser", esse é o ponto final.

Jimmy Page e Robert Plant fizeram uma composição inocente para tratar de algo triste, eu vi alguns comentários na letra da música do tipo: "Minha namorada terminou comigo, tentem interpretar assim". Sendo assim é realmente triste, mas... Acontece cara, nesses momentos eu fico feliz de ser Forever Alone, já basta sofrer sem ter, do que sofrer sem ter por perder.

Desde a primeira vez que ouvi essa música me encantei, ela tem uma espécie de magia que me atrai, o violão ecoa de uma forma tão bonita que eu fico sem palavras para descrever a sensação de ouvi-lo com os olhos fechados pensando na vida. Led III é um CD que explora muito o violão para dar um tom marcante nas músicas, isso acontece em Friends, Gallows Pole, Tangerine, That's the Way, Bron-Y-Aur Stomp. Todas essas tem um toque místico por causa do violão que me faz lembrar de paz e calma, todas essas falam sobre amor e amizade, seja de término ou de início, de passado ou de futuro, de encontro ou separação.

Antes de comprar esse álbum, eu nunca tinha ouvido todo em sequência, nunca tinha parado para ouvir e pensar. A partir desse momento comecei a considerá-lo meu favorito, sendo melhor até mesmo que Led IV e II e I, isso na minha simples opinião.

That's the Way é muito linda, apesar de teoricamente triste, tem uma letra muito marcante e forte, um vocal incrível do Robert Plant, meu segundo cantor favorito de todos os tempos atrás apenas do Freddie Mercury que é absurdo.

Esse é o quarto lugar, and that's the way

That's the Way

Número 4 do J
Overburdened - Disturbed




Taí uma que ninguem vai concordar, e todos irão mandar me prender.
Aliás ja comprei os pregos pra cruz.

Eu nunca ouvi NINGUÉM, em toda minha vida, falar de Overburdened.
NUNCA!

Sempre quando falam do Disturbed vem músicas mais famosas tipo Stricken, Down With The Sickness, Indestructible, The Night, etc.
Eu nunca ouvi nenhum ser humano citar Overburdened.

Quanto mais coloca-la em 4º como melhor música de todos os tempos.

E não me interessa o que me digam, podem me chamar de doente, maluco, drogado, constipado, podem me constipar, podem até constipar a minha família com drogas, EU NÃO LIGO!

Overburdened é uma das melhores músicas que ja ouvi! Eu simplesmente perco minha mente quando escuto essa música!

Eu sempre gostei do Disturbed, desde que ouvi Stricken todas as músicas deles eu gosto. Mas Overburdened é simplesmente demais.
Eu não consigo acreditar o quanto essa música é subestimada, as vezes eu acho que tem algum problema comigo por gostar tanto dela assim.
. . . . . . . . . . . . . . .

Bom, eu SEI que tem algum problema comigo.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
TA BOM
Eu sei que eu tenho todos os problemas comigo. Mas eu ainda adoro essa música.

Ela é sombria, tem um ritmo incrível, uma intro SENSACIONAL, além de ter um dos melhores refrões da história das músicas.
E claro com o toque natural do Disturbed.

Essa música simplesmente apaga minha mente e me faz querer pular no mar e sair nadando até meu braço cair!

De fato, hoje vivo em uma ilha no meio do pacífico a base de coco e tripa de caranguejo.
Sim, eu pesco com meus pés.

Mas o que interessa é que Overburdened é uma da minhas músicas favoritas. Podem me chamar de fan-boy, não me interessa, eu simplesmente adoro essa música.
Um abraço a todos, e 4º lugar pra ela.

Se não gostaram o abraço é por trás.

Overburdened

Número 3 do P.
The Final Cut - Pink Floyd


Essa música... Essa música... Tem uma das estrofes mais sensacionais, incríveis, absurdas, fodásticas, sem palavras para descrever, cúmulo da perfeição, tudo, nada, sonho, realidade, vida, morte, amor, ódio, o Tudo, é uma estrofe que o Sir Waters fez que me faz querer me matar de ouvir, na verdade são duas estrofes, mas a primeira das duas é a mais marcante.

Na verdade essa música é tudo isso que eu disse acima e que aparentemente não faz sentido, mas isso não importa, porque The Final Cut é a minha música favorita do Pink Floyd, minha banda favorita. Mas... Isso quase faz dela a sua música favorita, não? É. Por isso o terceiro lugar. Isso significa que ainda tem mais por vir, mas dentre os três melhores colocados, tenho que admitir que essa aqui é completa: vocal, letra (meu Deus, que letra!), instrumental. Tudo em um equilíbrio perfeito.

Mas, P! Que estrofe é essa??

São cinco versos que me fazem delirar, que me fazem sentir uma dor inexplicável no peito, que me dão uma emoção que poucas músicas já me deram, que me enlouquece, que me faz esquecer dos problemas e ao mesmo tempo trazê-los a tona, é isso:

"And if I... Show you my dark side
Will you still hold me tonight?
And if I... Open my heart to you
And show you my weak side
What would you do?"

"E se... Eu te mostrar meu lado obscuro
Você ainda vai me abraçar a noite?
E se eu... Abrir meu coração para você
E mostrar meu lado fraco
O que você faria?"

Quando eu ouvi isso a primeira vez, eu queria me matar. Eu não sei explicar, é como um sentimento transformado em música que conforme a melodia te machuca ou te dá prazer, é algo que toca além de sua mente, a sua alma, nem todos podem se sentir como eu, mas isso marca muito, isso é algo que eu nunca esquecerei. Eu posso esquecer meu próprio nome, mas sei que essa música ainda estará gravada em mim, em algum lugar da minha mente, algum lugar da minha alma.

*P. chora*

Mas como eu disse ainda tem MAIS UMA estrofe para destruir e essa é para cometer suicídio ou sorrir, pode escolher.

"Thought I oughta bare my naked feelings,
Thought I oughta tear the curtain down.
I held the blade in trembling hands
Prepared to make it but just then the phone rang
I never had the nerve to make the final cut."




"Pensei que devesse revelar meus pensamentos
Pensei que devesse rasgar a cortina até arrancá-la
Segurei a lâmina com as mãos trêmulas
Preparando para fazer isso, mas aí então o telefone tocou
Eu nunca tive coragem de fazer o corte final."

Porra! Quem disse que Pink Floyd tem músicas depressivas e tristes? Quem foi? Trás aqui que ele ganhou um doce... Não tem como isso não ser triste, o cara ia suicidar por causa do amor não correspondido, depois de TUDO aquilo da estrofe mais sensacional da história, ele não conseguiu nada além de solidão. A melhor resposta para tudo isso? Seguir em frente? Não, a morte, ele procura a morte, se prepara, pega a lâmina e aponta para o pulso. MAS! O telefone toca. "Será ela? O que devo fazer?" 

Desistir da morte?

Atender o telefone?

E se não for ela?

O que importa é que o pobre homem nunca teve a coragem de tirar sua vida, não se sabe se aquela ligação era realmente da mulher que causou todo aquele sofrimento, mas ele manteve sua vida.

*P. chora novamente*

The Final Cut

Número 3 do J
Turn the Page - Metallica




A melhor música do Metallica de muito longe!

Sério cara, o Metallica é foda. Tem zilhões de músicas excelentes, músicas que marcaram eras do Metal além de ser uma das bandas mais influentes da história.

Mas a ironia é que a melhor música da banda seria um cover.

Eu devo admitir, eu nunca escutei Bob Seger. Na verdade eu nunca tinha OUVIDO FALAR nesse leonino drogado patrocinador da Loreal.

E qual foi minha surpresa ao descobrir que ele é uma das pessoas mais influentes no mundo do rock.
E qual foi minha surpresa ao descobrir que sua música Turn the Page era excelente.
E qual foi minha surpresa ao descobrir que o Metallica havia feito um cover dessa música.
E qual foi minha surpresa ao ver que era UMA DAS MELHORES MÚSICAS DE TODA HISTÓRIA!

Sem brincadeira, eu decepei meu pé quando ouvi Turn the Page pela primeira vez, tamanha epicidade da música.
O Metallica simplesmente da uma aula de como fazer um cover. Eles pegaram tudo de bom da música original, colocaram um som de guitarra surreal e mandaram a ver!

E acredite o produto foi fora de série!
Primeiro a melodia. I-N-C-R-Í-V-E-L
Depois temos a guitarra. Absurdo!
E claro temos a letra. Surreal!

E além de ter tudo isso, ela tem uma das melhores performances de Metal que ja vi na vida. É simplesmente surreal!

Eu não tenho palavras para falar. É simplesmente surreal. Sabe aquela música que arrepia até os fios imaginários do seu corpo?
Pois é.
3º lugar!

Turn the Page

Número 2 do P.
Stairway to Heaven - Led Zeppelin




Eu poderia simplesmente não dizer nada e já dizer tudo, essa é uma das minhas músicas favoritas de todos os tempos sem dúvida alguma. Stairway to Heaven! Ah! Fica difícil falar alguma coisa assim dessa coisa linda de Deus (ou não) que encanta todos que ouvem.


Tanto os vocais sensacionais de Robert Plant, meu segundo cantor favorito como já disse, quanto a guitarra esplendorosa de Jimmy Page, o baixo do nosso amigo John Paul Jones e a bateria do meu baterista favorito de todos os tempos John Bonham (que Deus o tenha =/). É tudo perfeito, o tempo, a flauta!


Vamos do começo.


Primeiro a música tem uma introdução sensacional que me deixa embasbacado e sem reação como um pequeno garoto preso no depósito de frios de um supermercado. É outra música que fica linda em violão e que eu amo tocar. Desde a primeira vez que ouvi eu disse: "EU VOU APRENDER A TOCAR!". Demorou 12 anos, mas eu finalmente toco toda... Quer dizer... Menos o solo... Mas ainda vamos chegar lá.


Depois da belíssima introdução, entra o vocal surreal de Plant. A letra de Stairway to Heaven, me faz pensar, realmente me faz pensar. Parece que cada palavra com vários significados foi propositalmente colocada para tirar o foco de algo e levar pra outra coisa. Uma das coisas mais marcantes da música é "Lady", que é simplesmente "Senhora" ou algo do tipo, mas não... Muitas pessoas falam que é uma mulher que inspirou Plant, outros já dizem que é algo místico, da cultura nórdica, onde Lady pode ser visto como Yesod, uma princesa aprisionada, a qualidade universal de espírito. Mas... Eu prefiro não aprofundar tanto para não criar confusão e também não criar uma opinião na cabeça das pessoas sem elas ouvirem e dar a própria opinião.


Mas, a música é realmente puxada para o lado nórdico em pontos da música em que é dito sobre a Árvore da Vida (não é dito exatamente isso, mas fica sub entendido), mas dentre várias passagens e palavras ocultas e etc, a minha favorita é:


"Yes there are two paths you can go by, but in long run, 
There's still time to change the road you're on"


Que é algo claro como, na vida tem dois caminhos, se pegar o mais comprido, ainda tem tempo de voltar e pegar o outro, na minha interpretação, MINHA, o caminho mais curto é a morte e o mais longo é a vida. Se você viver e viver e viver, ainda dá tempo de sair desse caminho e simplesmente morrer. Porém tudo que nasce morre, sendo assim, todos um dia sairão do caminho longo. Talvez o caminho curto, seja uma escadaria para o céu, mas não penso nisso, pois não faz sentido comprar um caminho, então isso fica interpretado fora dessa passagem.


Continuando, temos o solo... Ah....... Eu ainda fico em dúvida entre o solo de Stairway to Heaven e o de Comfortably Numb, mas são solos muito diferentes para mim, então não consigo compará-los, pois também teria que comprar com o solo de Tornado of Souls do Megadeth que é ainda mais diferente mas não deixa de ser sensacional e espetaculoso. Sendo assim eu tenho 3 solos favoritos que são esses três. Mas o de Stairway to Heaven, diferentemente dos outros dois, me faz pensar. Eu sinto como se algo estivesse mexendo com minha mente, me fazendo pensar e pensar de novo em tudo. E tem mais, é incrível como eu não consigo tocar esse maldito solo... Poxa... Eu queria tanto...


And it makes me wonder!


Depois do solo magnific! Temos a última estrofe que é sensacional também. Vejamos sobre o que trata:
Eu não sei... -q


É muita informação pra ser interpretada de tantas formas que não dá nem pra dizer com um contexto baseado em lógica o que Plant realmente quer dizer (gostaria de ressaltar que a composição é de Jimmy Page e Robert Plant, não só do vocalista como alguns devem estar pensando) eu tento entender, mas eu não consigo pensar fora da caixa, é muito pra mim. Esse final é algo mais que toca a alma, é isso.


And as we wind on down the road
Our shadows taller than our souls, there walks a Lady and we all know
Who shines white light and wants to show how everything still turns to gold
And if you listen very hard
The tune will come to you at last
When all are one and one is all
To be a rock and not to roll


And she is buying a Stairway to Heaven.


Mesmo assim, vou tentar me expressar meio que só traduzindo e modificando por interpretação:


Enquanto corremos pela estrada, nossas sombras maiores que nossas almas (há um ressalto de "escuridão do ser humano" aqui), tem uma mulher que todos sabemos, que brilha como uma luz branca e quer mostrar que tudo ainda pode ser transformado em ouro (agora é mostrada a pureza, uma mulher que emite uma luz tão pura que pacifica o coração dos homens e que mostra que tudo ainda pode ser bom). E se você ouvir direito, a canção virá até você no fim, onde todos são um e o um é tudo para ser uma rocha e não rolar (se você prestar atenção, PENSAR, você ouvirá a mensagem, todos são um e um é tudo é algo tipo "Todos são iguais, mas podem ser Tudo", para ser uma rocha e não rolar eu já acho que é para não se influenciar por qualquer coisa e seguir nesse rumo "rolando" sem parar, sem PENSAR)


E ela está comprando uma escadaria para o Céu, quem sabe não é para você?


Stairway to Heaven

Número 2 do J
Vicarious - Tool




Mais uma vez Tool aparecendo.

Eu sei que ninguem conhece essa banda, e que pouca gente vai gostar do estilo. Mas eu não consigo parar de babar pelas músicas desses caras. É simplesmente surreal.

Eu falei antes que Lateralus era a música perfeita (e falando em composição é mesmo), mas minha música favorita deles é sem dúvida essa.
Vicarious.

Essa música é SURREAL!!

Falando sério e sem piadas (OIAOPLEONASMOAIGEEEEEEEENTE!!!) essa deve ser a música mais sombria que ja vi na vida.
Sério essa música me da arrepios de várias maneiras diferentes. E sua sombriedade (isso existe?) é uma das maneiras.

Ela tem um toque de guitarra absurdamente assustador. Tem uma performance de. . . . . . estilo desconhecido tão incrível que nasceu cabelo no meu CALCANHAR!


ISSO MESMO! As pessoas me chamam de Claudia Ohana Curupira!!


E a letra.
MEU DEUS A LETRA!


Deve ser uma das letras mais incríveis/assustadora de todos os tempos. Não sei como Tool conseguiu, mas essa música é mais sombria do que muito filme de terror.
E eu adoro filmes de terror.


Não tenho como explicar, mas eu simplesmente adoro Vicarious. Não espero que vocês gostem também, mas eu simplesmente adoro essa banda e essa música. Por isso é medalha de Diamante.


Sim, nosso ranking distribui medalhas. Hotel California ganhou medalha de poeria, e Wish You Were Here ganhou medalha de esterco.


Vicarious


Número 1 do P.
Just Like a Woman - Bob Dylan




Just Like a Woman
 

Pronto, depois de ouvirem fico satisfeito em comentar

Essa música é prefeita, só isso. Tudo, tudo, tudo, tudo, tudo! Mas P.!! Ficou na frente de Stairway to Heaven??? SIM! SIM! SIM! SIM! Porque estou apaixonado por essa música, vamos nos casar em Las Vegas com a benção do Pai dela, BOB DYLAN! SIM VOU ME CASAR COM UMA MÚSICA! (Talvez, isso seja ilegal, assim, não sei... Mas pode ser ilegal)

Just Like a Woman é uma música de amor, mas é um amor tão bonito... Poxa... E também é triste, mas quase ninguém fala que é triste... Eu acho. Veja por que:

Um cara qualquer por ai, num dia chuvoso, encontra uma garota com roupas novas e bacanas, uma mulher de requinte, ele se apaixona pela mulher dos cabelos encaracolados.

Ela te prende assim como uma mulher prende
Ela faz amor assim como uma mulher faz
Ela sente dor assim como uma mulher sente
Mas se machuca como uma garotinha

Onde ela estará? Ele não sabe mas acredita que ainda verá a mulher dos cabelos encaracolados novamente, ninguém tem pensar que ela não pode ser abençoada, isso é claro, ela tem dinheiro, roupas caras, qualquer um ao seus pés e tudo mais, porém ela precisa ver que é como todas as outras.

Ela te prende assim como uma mulher prende
Ela faz amor assim como uma mulher faz
Ela sente dor assim como uma mulher sente
Mas se machuca como uma garotinha


Estava covendo no começo e ele estava com sede, por isso veio. E sua maldição deve doer, mas não é pior que a dor que ele sente, não é claro que ele não pode se acostumar com isso? Quando eles se encontrarem de novo, serão amigos, mas mulher dos cabelos encaracolados, por favor não diga a todos que quando se encontraram, ele estava faminto e você era o mundo dele!


Você engana como uma mulher, sim você engana
Você faz amor como uma mulher, sim você faz
Você sente dor como uma mulher, sim você sente
Mas você se machuca como uma garotinha


Fim


Eu acho triste... Poxa... Eles pareciam um casal perfeito, mas se enganaram e tudo acabou... ELA ERA O MUNDO DELE! OLHA ISSO! É muito forte essa música, amo, já disse, vou me casar com ela e pronto!



Número 1 do J
War Pigs - Black Sabbath




Há!
HAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAH!!
O que que eu falo?. . . . . . . . .

É. . . . .War Pigs cara. . . . .
HA!
HAHAHAHAHAHAHAHA!!

É isso. War Pigs. Fim.

A maior música de Metal da história. A melhor música da melhor banda de todos os tempos. A música mais influente da história do Metal. A música mais épica de todos os tempos. Uma das letras mais incríveis da história da música.

Pode escolher qualquer um dos títulos acima. Estamos falando de War Pigs, a melhor música ocidental da história.

Essa música não merece ser descrita em palavras.
Ela é tudo. Ela é o Metal.
Letra, melodia, ritmo, solo, riff, vocal, tudo é perfeito em War Pigs. Eu simplesmente me desmancho em epicidade quando escuto essa música.

E estamos falando do Black Sabbath, portanto não há mais nada a ser dito.
Apenas ouçam e admirem a obra prima do Metal.
Medalha de Antimatéria.


War Pigs



Menções Honrosas

Primeira menção do P.
Speak Softly (Love theme from The Godfather) - Nino Rota


Linda! Linda! Outro dos meus instrumentais favoritos! Não queria colocá-lo no Top, mas acho que merecia pelo menos uma menção, por isso está aqui

E tem mais, essa é uma versão especial!

Speak Softly (Love theme from The Godfather)



1ª do J
American Pie - Don McLean




A letra mais incrível de todos os tempos.

American Pie é uma das músicas que mais me tocaram na história. Ela é bonita, tem uma melodia magnífica e tem a melhor letra de todos os tempos.

Mas infelizmente apenas menção pra ela.

American Pie

Segunda menção do P.
Holy Wars... The Punishment Due


HOLY WARS!!! Essa música tem três solos monstruosos de guitarra e é a minha favorita do MEGADETH, a banda rival eterna do Metallica. Infelizmente não entra no top, mas tá aqui como menção!

Holy Wars... The Punishment Due

2ª do J
Layla - Derek and the Dominos




Um dos melhores riffs de todos os tempos.
E também um dos melhores solos de todos os tempos.

Layla é sem sombra de dúvidas uma das melhores músicas que ja ouvi. Pena que não entrou no Top. Mas fica aqui de menção!

Layla

Terceira menção do P.
Zero - The Smashing Pumpkins


Melhor música do Pumpkins merece pelo menos uma menção! MAS O QUE É ESSE PIERCING NO MAMILO????????

Zero

3ª do J
Smoke on the Water - Deep Purple













A música mais famosa de um dos pais do Heavy Metal.
Precisa dizer mais?

Smoke on The Water é um hino do rock. Mas apesar de ser magnífica, não entrou no meu top.
Paciência. . .


Smoke on the Water

Quarta menção do P.
Since I've Been Loving You - Led Zeppelin




Incrível! Fico triste por não ter entrado... É a minha terceira favorita do Led Zeppelin, se fosse um top 16 pelo menos... Fazer o que... É a vida...


Since I've Been Loving You



4ª do J
The Show Must Go On - Queen




A melhor música do Queen pra mim.

Sim Bohemian Rhapsody pode queimar nas labaredas de enxofre do meu quintal (serei eu o Toninho do Diabo?)

Provavelmente uma das melhores performances vocálicas de todos os tempos (tem três dessas no meu top), Freddie Mercury destroi nessa música.
E quando você percebe que ele fez essa música depois que descobriu estar com AIDS você percebe a profundidade disso.

Mas infelizmente ficou apenas como menção.
R.I.P. Farrokh Bulsara!

The Show Must Go On

Quinta menção do P.
Songbird - Oasis


Linda! Minha favorita do Oasis, como isso não é um top 20 ficou como menção... Pena... Gosto muito deles e principalmente dessa música, Songbird > Wonderwall

Songbird


5ª do J
Bleeding Me - Metallica




Uma das minhas músicas favoritas do Metallica.

Bleeding Me é envolvente, tem uma melodia incrível além de ser uma das melhores músicas do Metallica.
Pena que não entrou no Top.
Pena. . . . .
Pena. . . . . . . . .

Bleeding Me


(Jalim Habei de Alcántara Jõao Grilo Xavier de Paula Chicó dos Santos Édison do Nascimento Garrastazu Médici, conhecido comumente como J, aqui)

Seguinte pessoal, como todo top musical, temos também um bônus nesse top. Eu e o P preparamos dois vídeos legais pra vocês assistirem aí e gostarem bastante (leia: Suborno para não perder acessos).

Bom, então eu encerro o Top aqui e ja me despeço de vocês. Como eu sempre digo, muito obrigado a todos os leitores do blog. É uma honra escrever para vocês.
Um abraço a todos a té o próximo post!

(Peralta P.)

Arigatou minna-sama, nosso top está chegando ao fim com nossos bônus, espero que gostem, pois são muito legais!

Escolhi um video que vi num blog de humor que achei muito interessante, é realmente incrível, foi uma das coisas mais bem feitas que já vi na vida! Obrigado autor do video por perder seu tempo fazendo essa coisa linda de Deus que fico tão satisfeito de ver e ouvir. E minha outra música pode causar risos de alguns e críticas... Mas eu gosto... Vejam!

Discoteca pós guerra do P.

Primeiro temos um canto gregoriano. Sério P.? Sério. É uma versão de Brothers in Arms da banda Dire Straits gravada por Gregorian, um grupo de canto gregoriano que já fez covers de outros sucessos como: The Unforgiven - Metallica, Losing My Religion - R.E.M, Stairway to Heaven - Led Zeppelin, Comfortably Numb - Pink Floyd e por ai vai. Eu gosto bastante, se você não gosta vai tomar baho!

Existem várias músicas deles, mas escolhi essa para vocês, ignorem se quiserem .-.

Brothers in Arms
 

Caixinha de músicas do J


Como música bônus estou deixando a melhor música de um musical que ja vi na vida.

A versão de Roxanne feita para o musical Moulin Rouge é uma das músicas mais incríveis que ja vi na vida.
Ela é envolvente, sombria além de ser cover de uma das melhores músicas do The Police.

Portanto tá aí pra vocês escutarem e se lamberem em felicidade.

Roxanne

Rock in Otaku Inside' by P.


Agora o video, O VIDEO!

ROCK OF AGES! YEAAAAAAAAH!

Um dos videos mais bem feitos que já vi na vida! E tem tudo o que precisamos para esse top, ROCK, ROCK! ROCK! YAAAAAAAAAAAAAAY! Vida longa ao Rock

Se liguem em Rock of Ages, uma mistura de várias músicas épicas que começa justo com Whole Lotta Love - Led Zeppelin! YEEEEEAH!

video


Vídeozinho do J


Quando ví esse vídeo eu achei incrível!
Sério eu achei uma das coisas mais surpreendentes que ja tinha visto. Descobrir um padrão tão simples assim nas músicas famosas foi realmente demais.

Então resolvi compartilhar esse vídeo com os que não conhecem. Ele se trata de uma música feita totalmente em 4 notas.
Isso mesmo 4 notas. Mas não apenas isso.

Ela mostra que várias música famosas são feitas a partir dessas 4 notas. Na verdade você pode pegar zilhões de músicas por ai e coloca-la nessas 4 notas. É simplesmente demais!

Assistam e entendam. É muito legal!

video
                                       Vídeo postado por UnknownMurmeL no youtube. Todos os créditos vão pra ele.



13 comentários:

  1. Muito bom.. conheci muitas musicas novas e de qualidade.. show de bola \o/ vc's precisam fazer um top dos melhores games, acho que ficaria legal também ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos anotar isso, é uma ideia! Obrigado

      Excluir
    2. Since I'been loving young Adoro essa musica

      Excluir
  2. ACREDITEM o autor de losing my religion não queria fazer uma musica de religião!!!!
    a musica é sobre o amor por uma mulher que vai embora !!!!
    Aqui quem fala e o "R", só pra constar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. R. dá pra ver seu nome em cima do comentário, só pra avisar mesmo...

      Excluir
    2. Mesmo assim Rodrigo, ele fala em religião na letra e o clipe é extremamente referente a religião.

      Mas de qualquer forma, obrigado por esclarecer, confesso que não sabia dessa.

      Excluir
  3. Devil May Cry tem boas músicas (o jogo) mas outra música do Disturbed bacana também é a ''land of confusion''

    ResponderExcluir
  4. Amo vcs!!! (mas sou hétero)27 de dezembro de 2012 23:01

    A lista ta foda, exceto a ordem... Tipow - Ela começa com CCR e termina com Metallica (PUTZ).

    ResponderExcluir
  5. a lista é boa, mas acho q poderia colocar uma dos beatles , strokes também tem musicas boas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Strokes eu gosto bastante, mas conheci mesmo um pouco depois de fazer esse top.

      Beatles eu já não gosto.

      Excluir
  6. Overburdened de Disturbed é uma das minhas musicas favoritas tambem.

    ResponderExcluir
  7. J você ja ouviu The trooper,Ride The Lighting e Hangar 18 ?

    ResponderExcluir